Fever

Tá treta no mercado!

Panfleto distribuído em supermercados brasileiros nas últimas semanas:

Todo mundo sabe que o nosso trabalho é essencial nesse momento, mas ninguém quer saber se ficamos doente. Se não tiver caixa, repositor, limpeza do supermercado, como é que as pessoas vão continuar comprando comida durante a pandemia? Não temos nenhuma proteção contra o vírus dentro do trabalho.

E que medidas podemos exigir dos mercados para continuar trabalhando?

  • Liberação imediata de trabalhadores que (1) compõem grupos de risco; (2) suspeitos de contaminação; (3) tenham familiares próximos no grupo de risco. Todos os trabalhadores devem receber os dias parados;
  • Nenhuma demissão durante o período crítico;
  • Higienização regular dos postos de trabalho, banheiros e demais dependências do mercado;
  • Mudança dos horários de trabalho para evitar horário de pico no transporte;
  • Controle da quantidade de pessoas que entram no mercado, como vem sendo feito em outros países.

Essas são as medidas mais básicas. Muitas outras podem ser necessárias. 
Como fazer isto? Com um mínimo de organização. Conversar imediatamente com nossos colegas de trabalho, reunir o máximo de funcionários, pessoalmente ou através do Zap.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *